Horizontes Perdidos

Por Adriano Amaral Aprendi a confiar na alvorada Tanto que olho sempre ao horizonte Na esperança constante de reencontra-la Uma força que sempre me força a olhar Esperançosamente buscar voce E chorar, a infinita espera de não lhe ter Será essa a vida possível? Me perco, o tempo passa A saudade é a unica constante … Continuar lendo Horizontes Perdidos